Buscar
  • Andréa Naccarati de Mello

Diversidade na Comunicação tem que ser Real, Verdadeira exigindo esforço extra de Marketing.



Muito se fala de Diversidade, Inclusão uma vez que virou tendência mas tudo isso veio para ficar, mesmo. As pessoas cansaram de ficar caladas e estão cada vez mais voltadas a toda essa questão, e se movimentando para cobrar da sociedade, dos governos, das marcas, um apoio para um mundo melhor, mais humano e mais igual.

Diversidade significa representar a sociedade em toda a sua amplitude, com todas as diferenças que possam existir – étnica, cultural, social, biológica, religiosa, musical, linguística etc.

Diversidade é o QUE (“WHAT”), enquanto Inclusão é o COMO (“HOW”). Inclusão é ter as diferenças representadas e valorizadas, é o sentimento de pertencer, é o que faz a diferença na Diversidade. Não adianta ter Diversidade sem Inclusão porque fica um discurso superficial e vazio.

E o que isso tem a ver com o Marketing? Com o Branding? Com a Comunicação da Marca? Tem tudo a ver. Usar esteriótipos diversificados na comunicação das Marcas apenas para mostrar que a Marca está antenada com o que está acontecendo na sociedade não é suficiente. A Marca tem que ter no seu Propósito, na sua razão de existir, a Diversidade e a Inclusão enraizadas, e o seu “Walk the talk” condizente esse seu discurso para as pessoas acreditarem e simpatizarem com o movimento da Marca em pró de um mundo melhor. Diversidade e Inclusão não é execução de Marketing, vai muito além disso.

E isso exige um esforço extra de Marketing porque não se trata de um "casting" diverso na comunicação, mas da marca viver o dia a dia valorizando as diferenças e contribuindo de alguma forma para uma sociedade melhor, mais humana, onde tenha espaço para todos, de verdade.

Mas se todas as Marcas seguirem o caminho da Diversidade e Inclusão não vão ficar todas iguais? Claro que não! Cada Marca tem um Propósito único e a Diversidade e a Inclusão vão fazer parte desse contexto naturalmente.

Como desenvolver o Propósito de Marca? Isso vai ser tema para uma outra conversa...

Andréa Naccarati de Mello 2020

OBS: As imagens são meramente ilustrativas do tema. Poderia ter usado qualquer tipo de diversidade.

4 visualizações0 comentário